Abono Salarial: novo período de saques é liberado nesta quinta-feira

O calendário do PIS 2019 é um dos benefícios sociais mais aguardados do ano, devido a diversas mudanças no ano de 2019 e a crise econômica do país, muitas pessoas ficaram apreensivas em relação ao PIS 2019.

No primeiro semestre de 2019 serão pagos os últimos benefícios do abono salarial referente ao mês anterior, já as datas de pagamento para o benefício desse ano, serão divulgadas pelo calendário do PIS 2019, que de acordo com o Ministério do Trabalho, serão divulgadas a partir do mês de julho.

O pagamento e a divulgação do calendário do PIS 2019 são de responsabilidade da Caixa Econômica Federal.

Quem Tem Direito ao PIS

Os requisitos para receber o benefício do PIS ainda são os mesmos, mas se você ainda está em dúvida, veja o que é preciso para ter direito ao PIS 2019. Estar cadastrado no PIS a mais de 5 anos: Já deve ter se passado 5 anos desde seu primeiro emprego formal, já que a inscrição do PIS é feita pela empresa que assina sua carteira de trabalho pela primeira vez.

  • Ter trabalhado pelo menos 30 dias de carteira assinada no ano anterior;
  • Ter recebido até dois salários mínimos por mês durante o ano anterior.
  • Vale lembrar que o valor deve ser calculado pelo salário referente ao ano anterior;

Ter os dados informados na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS) referente ao ano anterior (2018). É dever da empresa enviar o RAIS para o Ministério do Trabalho.

Quem Não Tem Direito ao PIS

Não tem direito ao abono salarial PIS os seguintes perfis de trabalhadores:

  • Trabalhadores urbanos que estão vinculados à Pessoa Física;
  • Trabalhadores rurais que também estão vinculados à Pessoa Física;
  • Empregados domésticos;
  • Menores aprendizes;
  • Diretores sem vínculo empregatício, mesmo quando o empregador optar pelo recolhimento do FGTS;

Calendário PASEP – Banco do Brasil

O pagamento do PASEP começa a partir do dia 28/07/2019, pra quem não sabe, o PASEP é o benefício destinado a servidores públicos, o mesmo é pago através do Banco do Brasil, confira o calendário do PASEP oficial.

Calendário do PIS pra Quem Tem Conta na Caixa

O trabalhador que possuir conta corrente ou poupança na Caixa, terá o benefício creditado em conta a partir do dia 26/07/2019. Veja a tabela completa para quem tem conta na Caixa.

Valor do PIS

Anteriormente o valor do PIS era de R$ 788,00, mas devido a medida provisória 665/2014, alguns trabalhadores poderão receber valores menores do que o de costume, isso porque agora o pagamento do benefício é proporcional ao número de meses trabalhados no ano base. Entenda o que mudou no Valor do PIS 2019.

Como Sacar

Antes de realizar o saque do benefício, é muito importante ficar de na Tabela do PIS 2019 para saber a data correta de recebimento do seu benefício, além disso, também é recomendado consultar o saldo do PIS pela internet para ter a certeza que o seu benefício já está liberado para saque.

Para sacar o PIS 2019, o trabalhador que não possui o cartão cidadão, deve se dirigir a uma agência da Caixa portando um documento de identificação com foto, carteira de trabalho e o número do PIS. Os trabalhadores que possuem o cartão cidadão com a senha cadastrada, podem se dirigir a uma casa lotérica, autoatendimento da Caixa ou correspondentes Caixa Aqui e efetuar o saque utilizando o seu cartão.

Informações sobre a Secretaria Estadual de Educação do Piauí

Sistema Integrado de Informações Gerenciais (Siig) na Secretaria Estadual de Educação do Piauí está armazenando informações sobre o número de professores da rede pública estadual, número de alunos matriculados etc.

Alunos da Escola Classe 27 de Taguatinga estão tendo aula com idosos. O projeto Reminiscências faz parte da orientação da Secretaria de Educação do Distrito Federal. Todas as escolas do DF devem fazer projetos com pessoas mais velhas. A escola de Taguatinga convidou os avós dos alunos para contar lendas e as histórias da própria vida.

Os estudos são de extrema importância para adquirir mais conhecimento e ter maior facilidade de ingressar no mercado de trabalho. Para que você possa iniciar ou continuar um curso, o programa Educa Mais Brasil te auxilia nisso, pois fornece bolsas de estudo de até 70%.

As inscrições do Educa Mais Brasil podem ser realizadas no site do exame e mais uma grande vantagem é que elas ficam abertas durante o ano todo, assim, não há desculpas para realizar o curso que você deseja.

A estudante Natália da Silva Reis conta uma das histórias que ouviu e diz que aprendeu a dar mais valor às tradições.  Professora Nota 10 é Geisa Barros de Moura Conceição, de Jaboatão dos Guararapes, Pernambuco, que coloca os alunos para brincar e resgata o hábito pelos jogos infantis.

Luiz Alberto fala sobre a agressividade infantil e dá dicas de como o professor e os pais devem agir.

Como solicitar benefícios destinados ao trabalhador

Como dar Entrada no Seguro Desemprego – O seguro desemprego é um programa criado pelo Governo Federal que vem sendo muito importante para várias famílias. Esse programa tem como intuito oferecer uma ajuda financeira para quem foi despedido sem justa causa. O benefício que é muito importante, mas para o trabalhador receber é necessário que ele preencha alguns requisitos. Hoje iremos conferir quais são eles, entre outros detalhes.

Se você pretende dar início ao seguro desemprego é necessário saber o que você precisa preencher os requisitos e quais são os documentos necessários para dar entrada no seguro desemprego.

Seguro Desemprego 2019

Quem organiza o pagamento do seguro desemprego 2019 é a Caixa Econômica Federal, esse benefício é criado pelo governo e esse banco que faz a intermediação do benefício que o trabalhador vai receber. É importante ter conhecimento que o benefício não é longo e nem extenso, pelo contrário, ele é pago em prestações que tem no mínimo 3 meses de duração e no máximo cinco meses de duração.

Como dar Entrada

Resumindo o trabalhador que tem direito e preenche os requisitos para receber seguro desemprego poderá receber no mínimo três meses e no máximo 5. É importante mencionar também que o trabalhador deve ter o cartão cidadão para fazer o saque do benefício.

Muitas pessoas possuem dúvidas a respeito de como dar entrada no seguro desemprego, isso é muito comum e ocorre com as pessoas que estão fazendo isso pela primeira vez. Estamos aqui para orienta-los sobre como proceder, mas primeiramente é necessário que você entenda quem tem direito ao seguro desemprego com base nisso é que você verá posteriormente como dar entrada.

Quem tem direito

Veja quem tem direito ao benefício:

  • O trabalhador formal e também doméstico tem direito ao seguro, desde que a dispensa tenha sido feita sem justa causa;
  • O pescador profissional tem direito ao benefício somente durante o período do defeso;
  • O trabalhador resgatado na condição semelhante a escravo também tem direito a receber o benefício.

Se você se encaixa nos requisitos abaixo não deixe de dar entrada no seguro desemprego. Vejam quais são os documentos necessários, depois confira o calendário de pagamento, entre outras informações.

Documentos Necessários

Para dar entrada no seguro desemprego você vai precisar dos seguintes documentos:

  • Documento de identificação;
  • CTPS Carteira de Trabalho e Previdência Social, independente do modelo;
  • Documento de Identificação de Inscrição no PIS/PASEP;
  • Requerimento de Seguro Desemprego / Comunicação de Dispensa impresso pelo Empregador Web no Portal Mais Emprego;
  • TRCT (Termo de Rescisão do Contrato de Trabalho​), com o código 01 ou 03 ou 88, devidamente homologado para os contratos superiores a um ano de trabalho;
  • Se preferir pode levar também o Termo de Quitação de Rescisão do Contrato de Trabalho (acompanha o TRCT) nas rescisões de contrato de trabalho com menos de um ano de serviço;
  • Documentos de levantamento dos depósitos no FGTS ou extrato comprobatório dos depósitos;
  • CPF do titular.

Com esses documentos em mãos você deve se dirigir ao órgão de atendimento presencial, mas lembre-se que em alguns casos é possível fazer o agendamento do atendimento, isso facilita muito por que evita filas e atendimentos muito demorados.

 

Consulta Detran Rio de Janeiro

Início de ano é o momento de pagar impostos, e entre eles está IPVA – Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores.

Neste artigo os proprietários de veículos do Estado do Rio de Janeiro, na região sudeste do país, poderão acompanhar todas as informações e novidades a respeito do IPVA RJ 2019, como consultas no Detran, datas de vencimento, descontos e isenções.

Entenda ainda sobre o Seguro DPVAT Rio de Janeiro 2019 e todos os impostos cobrados por os proprietários de veículos automotores.

Todos os anos a Secretaria Estadual de Fazenda – SEFAZ e o Departamento Estadual de Trânsito – Detran RJ definem e divulgam aos contribuintes todas as regras referentes ao imposto. Esta divulgação acontece entre os últimos meses de um ano e têm vigência a partir do ano seguinte.

Não foram anunciadas e já não eram esperadas alterações para o DPVAT 2019. Sendo assim os contribuintes capixabas deverão contar com exatamente os mesmos prazos para pagamento e mesmos descontos adotados nos últimos exercícios.

Tabela de Vencimentos IPVA RJ 2019:

A SEFAZ e o Detran estabelecem duas tabelas de vencimento para o Estado do Rio de Janeiro: uma para automóveis utilitários e motocicletas e outra tabela exclusiva para veículos pesados, como caminhões e ônibus.

Os vencimentos para veículos pequenos começam em abril e terminam no mês de junho. Já os veículos pesados têm vencimentos entre os meses de março e agosto. As datas exatas de vencimentos se dão de acordo com o número final da placa do veículo, conforme tabela divulga pelos órgãos.

O pagamento do IPVA RJ 2019 poderá ser efetuado nas agências do Banestes/Banesfácil, Banco do Brasil, Bradesco, Bancoob/Sicoob, Caixa Econômica Federal e casas lotéricas.

No Estado do Rio de Janeiro os contribuintes podem obter 5% de desconto, caso optem pelo pagamento integral no vencimento da primeira parcela, ou dividir o pagamento em duas parcelas, mas sem direito ao desconto.

Consulta e 2 Via IPVA RJ 2019:

Os contribuintes receberão em suas residências cadastradas os documentos para pagamento do imposto.

Em caso de perda ou não recebimento do documento, o contribuinte deve retirar a 2 via IPVA RJ 2019 nas Agências da Receita Estadual ou nas Circunscrições Regionais de Trânsito (Ciretrans).

Multas de Impostos veiculares podem ser conferidas online

Licenciamento de veículo é um imposto brasileiro obrigatório que deve ser pago anualmente, esta taxa é cobrada pelo DETRAN (Departamento de Trânsito), devido ao pagamento exato do valor conhecido como IPVA (Imposto Sobre a Propriedade de Veículos Automotores) o indivíduo pode circular pelas ruas sem maiores problemas é importante levar em conta a data indicada para o pagamento.

Caso não haja o pagamento do licenciamento São Paulo de tais veículos ele pode vir a ser apreendido além de gerar uma multa sobre o indivíduo retirando sete pontos de sua CNH (Carteira Nacional de Habilitação). Cada veículo existente possui uma placa e é sobre esta que deverá ser distinguido o mês onde deverá ser pago o licenciamento, este mês é distinguido de acordo com o último número da placa de seu veículo.

É valido lembrar que o mesmo deve ser realizado com o auxílio exclusivo de um despachante, onde terá de fazer o pagamento direto no banco para você, no entanto cobrará por isso uma pequena taxa de auxílio. Caso você não cumpra as regras das datas para o pagamento poderá ser concedido a você a ordem de não transitar pelas vias públicas, além de ter de pagar a multa e serem descontados os sete pontos da carteira nacional de habilitação do indivíduo.

O valor do licenciamento varia muito de acordo com o modelo, ano e fabricação do veículo. O licenciamento de 2019 foi iniciado logo no primeiro dia de Abril e este ano aconteceu exatamente à mesma coisa, esta regra se baseia em uma condição para regularizar todos os veículos sem tumultos além do mais o DETRAN necessita de muito cuidado com relação a este processo de pagamento.

Para efetuar o pagamento você deverá procurar uma agencia dos bancos credenciados e informar o número do RENAVAN que se encontra no (CRLV) Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo. Veja a seguir as datas de pagamentos para os demais veículos, analise também a tabela abaixo:

Veículos normais devem realizar o pagamento nos seguintes meses:

– Placas com Final 1 – Do dia primeiro de abril até o dia 30 de abril

– Placas com Final 2 – De primeiro de maio a 31 maio

– Placas com Final 3 – De primeiro de junho a 30 de junho

– Placas com Final 4 – De primeiro de julho até 31 de julho

– Placas com Final 5 e 6 – De primeiro de agosto a 31 de agosto

– Placas com Final 7 – De primeiro de setembro a 30 de setembro

– Placas com Final 8 – De primeiro de outubro a 31 de outubro

– Placas com Final 9 – De primeiro de novembro a 30 de novembro

– Placas com Final 0 – De primeiro de dezembro a 31 do mesmo.

Tabela para veículos de carga (caminhões)

– Placas com Final 1 e 2 – 01/09 a 30/09

– Placas com Final 3,4 e 5 – 01/10 a 31/10

– Placas com Final 6,7 e 8 – 01/11 a 30/11

– Placas com Final 9 e 0 – 01/12 a 31/12

 

Ensino a distância democratizou o acesso aos cursos de graduação

O Direito Público é um dos ramos do Direito, que, tradicionalmente é dividido em Direito Público e Direito Privado, que trata de interesses ou ainda utilidades imediatas da comunidade em geral. É o interesse geral e comum acima do interesse individual. O Direito Administrativo, o Direito Previdenciário, o Direito Penal e o Processual Penal também fazem parte dele.

Com a globalização e a cada vez mais vigilante sociedade, esse é um ramo que cresce a cada diz mais e se torna mais importante para o bom funcionamento de todo o sistema. Profissionais especializados nesta área estão sendo mais valorizados e, consequentemente, mais bem remunerados. E um dos principais aspectos que leva um profissional do Direito a ser reconhecido na área é a sua especialização.

Para isso, é interessante recorrer aos cursos de pós-graduação. Porém, se você não tem tempo e nem mais disposição de ir às aulas todos os dias, frequentar a faculdade, uma boa solução são os cursos de ensino à distância. Existem faculdades com excelente qualidade, que não ficam nada para trás das que são presenciais, e têm ótimos cursos de Pós-graduação à distância em Direito Público.

Os cursos de pós-graduação podem ser feitos também através do Educa Mais EAD, um programa criado para auxiliar as pessoas com menos condições a iniciar ou dar continuidade aos estudos. O programa oferece bolsas de estudo de até 70%, assim fica muito fácil realizar o pagamento na instituição, além disso, os cursos disponibilizados são presenciais e a distância, você escolhe o melhor a você.

Nas áreas de Direito Administrativo e Direito Previdenciário, por exemplo, o principal objetivo é aprofundar os conhecimentos na área de concentração do Direito Administrativo, capacitando o aluno para a compreensão e docência do segmento e adentrando nas questões de sua existência e operacionalização, visando atender, com qualidade às necessidades profissionais do Estado brasileiro, em seus vários níveis. O curso, que tem duração média de 12 meses, é recomendável para bacharéis em Direito, advogados, procuradores, magistrados e servidores públicos.

Já o curso de pós-graduação em Direito Previdenciário apresenta de forma detalhada o segmento, como disciplina emergente do Direito do Trabalho, a partir de uma perspectiva constitucional e de direitos humanos. Tem uma análise, particularizada, de cada um dos direitos de seguridade assegurados constitucionalmente. É um curso ideal para bacharéis em Direito, advogados, procuradores, magistrados e servidores públicos e dura cerca de um ano.

Existem também os cursos de pós-graduação à distância em Direito Processual, que estuda a mecânica e o funcionamento do mesmo, através do questionamento à luz da ética, do ordenamento jurídico pátrio e do direito comparado. Tem o objetivo de qualificar graduados em Direito para a advocacia especializada, profissionais para a magistratura, da Defensoria Pública e do Ministério Público, e o aluno para o magistério superior em Direito, além de preparar para concursos públicos. São cerca de 360 horas de aula e cinco matérias.

Enquete UOL mostra resultado de Reality Shows

Enquete BBB 2019 – Como bem se sabe, o Big Brother Brasil é um dos reality shows de mais sucesso no mundo inteiro. Na verdade, o BBB é apenas uma versão brasileira do reality show que originalmente nasceu na Holanda. Com a expansão para diversos países, se conheceu o potencial de entretenimento do programa e assim conhecemos a primeira edição do Big Brother Brasil, o que fez com que até hoje nós lembremos das primeiras versões do programa com grande nostalgia.

O BBB 2019 contará com novidades, mas também contará com elementos que não são tão novidades assim. Por exemplo, o Líder BBB19 receberá um prêmio de 10 mil reais só por ser o líder, além de um quarto que foge da realidade da maioria dos brasileiros, repleto de regalias e de luxos. O grande vencedor BBB19 ganhará 1.500.000 (um milhão e quinhentos mil reais) além de contar com inúmeros prêmios conquistados pelas vitórias nas provas ou em sorteios dentro do programa. Mas para o participante vencer o programa terá de passar pela Enquete BBB 2019, onde será posta uma enorme dúvida na cabeça dos telespectadores. Quer saber o porquê? Continue lendo abaixo!

Como Funciona a Enquete BBB 2019

Os participantes da casa mais vigiada do Brasil simplesmente passarão por momentos felizes com as diversas festas que ocorrerão em alguns dias da semana. Mas os Brothers já esperam passar por dificuldades também, como por exemplo ao enfrentarem o Paredão BBB19. Quando um participante ganha a prova do Líder, ele eventualmente indicará algum participante ao paredão e um outro Brother será indicado pelos votos dos outros participantes realizados no confessionário.

É nesse momento que está formado a Enquete BBB 2019, onde os participantes “emparedados” tentarão conquistar com seu carisma e apelo o voto dos telespectadores para assim se manterem no programa e assim não irem pra casa de malas vazias. A Enquete BBB19 funciona como uma ponte entre os Brothers emparedados e os telespectadores que deverão votar numa enquete em qual participante favorito.

Como votar na Enquete BBB19

Diante desta situação difícil, o Brother deverá ter ousadia para se dar bem, pois, desde que o participante é anunciado para o Paredão BBB 2019 até o dia de eliminação, existirá um espaço de tempo para conquistar o público e trazê-los para seu lado. Depois que o paredão estiver formado e a Enquete BBB 2019 estiver disponível, bastará ao telespectador ir até o site do Gshow (http://gshow.globo.com/bbb/blog-da-producao/index.html) para participar da enquete e votar no seu Brother favorito ou contra.

Mas se você preferir, poderá também votar através dos números de telefone disponibilizados pelo próprio programa no dia em que o paredão estiver formado. Não se engane, se você preferir fazer tudo com o celular, você ganha mais uma opção para votar na enquete BBB19, através do SMS (ou torpedo). O importante é sempre estar ligado no BBB e torcer para seu participante favorito. Compartilhe nas redes sociais e participe também de todo impacto que o Big Brother Brasil causará na internet! Saiba que você poderá assistir a momentos exclusivos no canal de TV a cabo no Multishow ou através do Pay-per-view, na TV aberta todos os dias depois da novela, além da internet!

Além da CNH outro documento veicular também se tornará digital

Uma obrigação anual para todos os proprietários de veículos, o licenciamento permite o automóvel a trafegar nas ruas. Sem o licenciamento, a fiscalização de trânsito pode recolher o veículo e gerar pontos na carteira de motorista do condutor, além de multas. Para não correr esse risco, conheça as taxas e como consultar o licenciamento.

Tal qual o IPVA, o CRLV (Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo) ou simplesmente Licenciamento, é uma taxa obrigatória e deve ser paga todos os anos. Veja como realizar seu licenciamento. É importante ficar atento às datas para não pagar juros ou multa sobre o valor da taxa.

O licenciamento é o certificado de pagamento do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), taxas (bombeiros, licenciamento), possíveis multas de trânsito vencidas e seguro obrigatório (DPVAT).

Como fazer o Licenciamento?

Para fazer o licenciamento, o proprietário do veículo tem duas opções:

Presencial: Como o próprio nome já diz, o proprietário deve ir presencialmente a uma das unidades do Detran disponíveis no seu Estado e resgatar o seu Licenciamento.

Correios: Após realizar o pagamento em boleto bancário, o Licenciamento chegará em sua residência via Correios.

Você deve conferir junto ao Detran se essas duas formas de emissão do Licenciamento 2019 RJ estão disponíveis para seu Estado.

Taxas Licenciamento

Os valores variam de R$50 a R$200, dependendo do Estado. Essa taxa pode ser paga de duas formas:

  • Pagamento na primeira parcela do IPVA (cota única);
  • Pagamento com o emplacamento (para veículos isentos de IPVA).

Os bancos que arrecadam essa taxa são:

  1. Banco do Brasil
  2. Banco Cooperativo SICREDI
  3. Banco Cooperativo do Brasil (BANCOOB)
  4. Banco Rendimento

Os bancos podem mudar de acordo com cada Estado, mas em geral, esses atendem em maioria. No Detran-PE por exemplo, além do Banco do Brasil, os pagamentos podem ser feitos no Itaú, Bradesco, Santander, Caixa Econômica Federal e Casas Lotéricas.

Lembrando que o proprietário do veículo só irá conseguir emitir seu Licenciamento se todas as taxas já cobradas já estiverem quitadas, como o IPVA, seguro DPVAT e se houver, multas de trânsito.

Tabela Licenciamento

Para ter acesso a tabela de taxas e valores correspondentes ao seu veículo, você precisa acessar a página do Detran do seu Estado. Através da placa do seu veículo consultada no site, você terá informações referentes as taxas.

Como sabemos, o pagamento é feito de acordo com o número final da placa de cada veículo. Fique atento as datas para não gerar juros ou multas.

Se o seu veículo é um caminhão, você deve ficar atento pois as datas são diferentes das disponíveis para carros, motos e afins.

Quando você efetuar o pagamento do Licenciamento e ainda não tiver recebido, o licenciamento 2019 é válido até você receber o CRLV do ano atual.

Em breve divulgaremos as taxas e datas de pagamento disponíveis para.

Concurso Para Médico da Aeronáutica

Aeronautica anuncia novo Concurso para Médicos

Certame oferta 58 vagas. Inscrições podem ser feitas até o dia 9 de outubro.

O Departamento de Ensino da Aeronáutica divulgou no site www.fab.mil.br a Portaria DEPENS Nº 293-T/DE-2, que disponibiliza 58 (cinquenta e oito) vagas para o Curso de Adaptação de Médicos da Aeronáutica, em várias especialidades. Os candidatos interessados deverão acessar o site mencionado acima para fazer a inscrição até o dia 09 de agosto desde ano, até às 15 (quinze) horas, sendo estabelecido o Horário de Brasília como parâmetro.

Este processo de inscrição será feito através de formulários que o (a) candidato (a) deverá preencher corretamente com os seus dados e entre eles a opção de escolher o local das provas escritas e sua especialidade. Depois de completar todo esse processo, o boleto no valor de R$ 120,00 (cento e vinte reais) será disponibilizado para impressão e sua data de vencimento será até o dia 11 (onze) de agosto de 2.016.

O cartão de inscrição será disponibilizado no dia 19 (dezenove) de setembro e deverá ser levado impresso pelo (a) candidato (a) no dia das provas escritas. Caso a inscrição tenha sido indeferida por algum motivo, este comprovante será fornecido no lugar do cartão.

A prova escrita será de múltipla escolha, com 4 (quatro) alternativas e o seu conteúdo será de Língua Portuguesa (com gramática e interpretação de texto) e Conhecimentos Especializados, onde este será determinado pela especialidade escolhida. Após a prova, os candidatos passarão por etapas subsequentes e concentração final, onde entre todos, temos inspeção de saúde, exame de aptidão psicológica, prova prática Oral, teste de avaliação do condicionamento físico, entre outros.

No site mencionado acima podemos fazer o download deste edital e conhecer melhor, no “Anexo B”, o conteúdo programático de todas as provas, bem como o conteúdo específico para cada área de especialização. Neste mesmo edital temos no “Anexo C” o calendário de eventos, onde este informa as datas e descrições de todas as etapas deste processo de exame de admissão.

No “Anexo D” encontramos o quadro de distribuição de vagas, onde além das 16 (dezesseis) especialidades oferecidas, podemos ver a localidade e a quantidade de vagas para cada uma delas.

Conforme mencionado neste edital baixado, todas as informações referentes ao referido exame deverá ser de conhecimento do candidato, então faça o download e leia atentamente todas as recomendações e informações.